8 dicas para treinar seu cérebro a manter o foco

foco

Você abre o computador para realizar uma tarefa importante e quando percebe está checando muitas coisas, menos realizando a tarefa que pretendia? Ou está no meio de um projeto e começa a pensar no que deveria ter falado numa discussão perdida ou na nova notificação do Instagram?

Fugir do foco é normal, ainda mais com a quantidade de estímulos que nos são dados através do mundo digital. Aliás, já naturalmente o cérebro perde o foco diversas vezes durante o dia – é um mecanismo de defesa natural contra tarefas que pareçam desafiadoras. Separamos algumas dicas para você treinar seu cérebro a manter o foco.

foco

01: Planeje as tarefas com antecedência e eleja três tarefas importantes

Para que seu cérebro entre em um ritmo saudável, o aconselhável é focar em planejar tudo. Aconselhamos que você comece planejando sua semana durante o domingo à noite. Defina sua grade dividindo os períodos de trabalho, exercício, lazer, tarefas domésticas, etc. Ao planejar uma rotina, estamos treinando nosso cérebro e evitando improvisos que nos tirem do foco.

Priorizar também deve fazer parte da rotina: faça uma lista de coisas que precisam ser resolvidas e defina urgência e deadline para cada uma. Uma boa prática é ter um planner.

A cada dia, na noite anterior, separe três tarefas importantes para o dia seguinte. Assim seu cérebro já se programa para o que vai vir. Caso você tiver uma tarefa complexa ou trabalhosa, a separe em etapas para poder realizá-la aos poucos.

Esse planejamento ajudará você a concretizar mais e a se afobar menos. Quando entramos em desespero, o cérebro entra no modo off e perde qualquer tentativa de foco. O planejamento deixa o cérebro mais tranquilo e produtivo.

foco

02: Trabalhe em uma tarefa de cada vez e faça o trabalho criativo primeiro

Ser multitarefa é um mito para quase todo mundo! É fato que somos capazes de fazer várias coisas ao mesmo tempo, porém raramente vamos alcançar resultados de qualidade em cada uma.

O hábito de abrir vários projetos ao mesmo tempo, por exemplo, diminui nossa produtividade. Cada vez que nós mudamos de assunto, nosso cérebro leva um certo tempo para adaptar-se e funcionar dentro de seu potencial.

Outro mito é começar pelos trabalhos mecânicos. Geralmente eles tiram nossa energia e vão tirando nosso foco. O aconselhável é começar pelos trabalhos que exigem mais criatividade ou foco e terminar o dia com as tarefas mais mecânicas como agendar reuniões ou responder e apagar e-mails.

foco

03: Respeite seu ritmo

Porém cada pessoa tem seu ritmo, não há uma regra geral. Segundo David Rock, co-fundador do NeuroLeadership Institute, nós conseguimos realmente focar, em média, apenas 6 horas por semana.

Logo, o aconselhável é conseguir ouvir seu corpo e perceber os horários em que seu foco está mais alto para fazer as tarefas mais complexas.

Há pessoas que focam melhor no começo da manhã, outras que funcionam melhor no final da tarde.

foco

04: Pare de checar outras coisas, silencie ruídos

Não sobrecarregue seu cérebro: aconselhamos que você não cheque outras coisas enquanto estiver realizando o que se comprometeu. Caso tenha estabelecido três tarefas para o dia, evite checar seu e-mail ou as redes sociais antes de concretizar a primeira tarefa. Assim evitamos procrastinar e perder tempo.

Dica básica: desligue as notificações das redes sociais durante o período em que você quer ser produtivo, silencie todos os ruídos.

05: Horários certos

Quando você acostuma seu cérebro a deitar e acordar nos mesmos horários, seu corpo e seus hormônios se equilibram melhor. A mesma coisa pode ser feita no trabalho: é importante definir processos e rotina de trabalho que você consiga cumprir e que façam sentido com o ritmo do seu corpo.

foco

06: Exercite seu corpo

É essencial tirar um tempo para exercitar-se, pois assim o cérebro libera endorfina e serotonina que facilitam seu melhor funcionamento. Tire ao menos 30 minutos diários para isso e perceba a diferença! No começo os exercícios podem ser um esforço, mas, a partir de 6 meses de prática, se tornam um hábito.

07: Música para focar

O feng shui aconselha trabalhar em silêncio para uma produtividade maior. Mas há pessoas que trabalham bem com música – serve como um motivador a mais ou até mesmo uma maneira de se concentrar em um ambiente barulhento.

Uma opção é fazer uma playlist de músicas que te inspiram. Aliás, os coworkers do Four fizeram essa playlist inspiradora, confira clicando aqui. Outra playlist que aconselhamos é esta.

Outro conselho é ouvir músicas especialmente criadas para reverberar ondas alfa no cérebro, pois elas comprovadamente aumentam produtividade e foco. Há várias playlists no YouTube como essa aqui.

foco

08: Tempo para meditar

Assim como os músculos do corpo, os do cérebro também precisam ser treinados. A meditação é um momento para isso: silenciar a mente para que o cérebro consiga focar melhor quando estiver ativo.

Caso você nunca tiver meditado ou tiver dificuldade em se disciplinar, aconselhamos participar de grupos de meditação. Ou até mesmo praticar a meditação ativa: fazer algo que te dê prazer mexendo o corpo e silenciando qualquer pensamento.

Existem também algumas técnicas que ajudam a treinar o cérebro para ter mais foco e falamos sobre elas neste artigo aqui. Confira! E se tiver alguma dúvida sobre o tema ou quiser compartilhar outra forma de manter o foco, escreva nos comentários!

Ah, aqui no Four temos toda a infraestrutura que você precisa para melhorar sua produtividade. Venha passar um dia conosco!

Leave a Comment

Your email address will not be published.